segunda-feira, 5 de setembro de 2005

Ermida de S. Catarina

21 comentários:

Anónimo disse...

I was surfing for stuff and came across your blog. Not what I was looking for but I've left an invitation for you to visit me if you are into lose weight quickly. Let me know what you think.

nelsonmateus disse...

1 ermida octogonal? cheira-m a qquer ligação com os templários ou a ordem d cristo ... será?

António Caeiro disse...

ordem dos templários.

Platero disse...

Mais um local por onde os cavaleiros do Templo andaram, será que uma parte do tesouro dos Templários estará por aí?

António Caeiro disse...

se calhar, quem sabe...

Eduardo disse...

A sua atenta e sensível câmara, António Caeiro, vai-nos "cartografando" o património artístico da sua muito bela Monsaraz. Não posso fugir ao lugar-comum para dizer-lhe com admiração "que óptimo trabalho!" Um abraço.

Mendes Ferreira disse...

Subscrevo integralmente o Eduardo Berredo. Boa tarde.

António Caeiro disse...

Muito Obrigado! vou tentanto click após click, mostrar um pouco desta Vila alentejana, agora à beira da água por força da barragem.

kapa disse...

A barragem alterou por completo todo o panorama de Monsaraz, de onde se via o rio Guadiana agora vê-se água e pequenas ilhotas no meu desta, imagens nunca antes vistas a partir de Monsaraz.

Um abraço

António Caeiro disse...

pois é e perderam-se algumas coisas, no meio de tanta água.

nelsonmateus disse...

o famoooooooooooooso tesouro dos templarios?

akele d k toda a gente fala mas k ninguém viu! é esse??

António Caeiro disse...

se calhar temos que começar a esburacar junto às muralhas. :)

Anónimo disse...

Não é preciso já existe um inventa ruinas que se tem encarregado de fazer tropelias dessas. Ó camarada Caeiro, e se mostrasses uma fotografias dessas asneiras que se vão fazendo por Monsaraz? Para que os teus leitores não vejam apenas as belezas mas também as desgraças, que infelizmente são muitas e cada vez mais.
Um leitor atento

António Caeiro disse...

asneiras existem em todo o lado, umas grandes e outras pequenas.

Anónimo disse...

Coisas boas também existem em todo o lado. E bonitas também. É claro que o sr. gosta muito da sua terra e gosta de mostrar as "imagens" bonitas. Mas essa pode ser considerada uma atitude enganadora para quem não sabe de como as coisas se passam. Mostre lá umas fotografias das obras clandestinas que abundam por cá. Mesmo junto ás muralhas e á vista de todos.
E já agora, sou tão anónimo como o sr. Não conheço na terra ninguem com o seu nome.
Um leitor atento.

António Caeiro disse...

Não nasci em Monsaraz nem habito lá, sou apenas um habitual frequentador da terra, pelo qual tenho uma grande ligação e admiração.

Anónimo disse...

Isso percebe-se à legua, anínimo Caeiro. O que não se percebe é qual a natureza dessa ligação, mas cheira-me que não será apenas imaterial... acertei?

"Cada vez mais atento"

António Caeiro disse...

estar atento é importante, já agora, aguardo o envio das tais fotos de coisas menos boas, para assim conhecer um pouco mais de Monsaraz.

Anónimo disse...

Não duvide do que digo. Estranho não saber a que me refiro. E para onde devo mandar tal documentação?
Sempre às suas ordens,
leitor cada vez mais atento

António Caeiro disse...

o meu mail é:(antoniocaeiro@sapo.pt), para o envio de fotografias, para assim conhecer o "tal outro lado de Monsaraz".

Anónimo disse...

Pode ter a certeza que vai conhecer, sr. Caeiro. Mas é mesmo já a seguir!