quinta-feira, 9 de fevereiro de 2006

A porta de ferro



No caminho de S. Bento.

10 comentários:

nelsonmateus disse...

pelas tuas fotos, monsaraz parece 1 cidade adormecida no tempo, ou seja, 1 cidade d outro tempos ... nã existe 1 parte mais moderna/recente?

António Caeiro disse...

Amigo Nelson: A vila de Monsaraz é uma das mais antigas povoações portuguesas, a Sul do Tejo. A sua ocupação data dos tempos pré-históricos, contando-se nos arredores cerca de centena e meia de monumentos megalíticos. Assim à que preservar e bem o que existe.
No entanto, por exemplo Reguengos de Monsaraz ou Mourão, cidades próximas, já tens edificações modernas.
abraço.

Anónimo disse...

Caro Nélson:
Bem pode o António Caeiro dar esta explicação ou outra.
O problema é que Monsaraz não se explica: sente -se e vive-se.
Só passando por lá e...vai ver, fica apaixonado

magnolia disse...

O anónimo tem razão! Monsaraz é uma vila única! E é um passeio maravilhoso!

TR disse...

António,
devia ter-lhe dedicado a fotografia da sesta. Mosaraz continua lindíssima. O Nelson tem de lá ir, a menos que só goste de coisas modernas. Efectivamente aquele, não é o lugar certo para quem procura modernices, embora também as tenha...

isn't it true?

António Caeiro disse...

anonimo, magnolia, tr: vale realmente bem a pena passear por aquelas ruelas e sentir a magia daquele castelo.
Quanto a modernices, só dentro das casas ...
abraços.

Manu disse...

Muito bonito. Temos aqui uma cidade assim antiga, nao se vê mesmo nada de moderno.
Para o verao fasso fotos.
A@+

nelsonmateus disse...

agora k já no mapa "onde fica" monsaraz, k sei onde dormir e onde comer ... já nã tenho outro remédio a nã ser ir até monsaraz. ;)

António Caeiro disse...

pois é Amigo Nelson, e devo-te dizer que é um belo de um passeio.
:)
abraço.

Marketeer disse...

Conhece a cidade alentejana de Vendas Novas? A Geração VN vem convidar todos os visitantes deste blog a passar por lá! É só clicar no link! Até já!