quarta-feira, 19 de outubro de 2005

Torre à noite
















"Acordei com estrelas sobre o rosto. Subiram até mim ruídos campesinos. Aromas de noite, de terra e de sol refrescavam-me as têmporas..."

in "O Estrangeiro" de Albert Camus

Enviar um comentário